Afinal, como funciona o Wi-Fi? Guia técnico

O Wi-Fi se tornou parte tão essencial de nossas vidas cotidianas que a sua falta traz incômodos gigantescos para o desempenho de atividades, especialmente se estas forem profissionais. A inconsistência do sinal é muitas vezes tratada com lamúrias, resultando em medidas drásticas para manter o bom e velho roteador em forma. Mas e você – tem pensado nos componentes envolvidos nesse processo? Como funciona o Wi-Fi, afinal?

Descubra, neste artigo, tudo sobre o sinal que sai do roteador até nossos celulares, desvendando como otimizá-lo ao máximo e prevenir complicações.

Não perca: Quem inventou o Wi-Fi? Veja esta e outras curiosidades

Como funciona o Wi-Fi?

Não há nada mais irritante do que perder o sinal do Wi-Fi e não saber o porquê. Hoje, tentaremos evitar esse problema a todo custo.

wifi on and off - DT Network
Como funciona o Wi-Fi?

Caso você não saiba, o Wi-Fi é uma tecnologia que permite a conexão de dispositivos sem fio à Internet dentro de uma rede local. Ela se utiliza de ondas de rádio para transmitir informações entre dispositivos compatíveis, como smartphones, computadores, tablets e roteadores, assim permitindo a comunicação e o acesso à internet sem a necessidade de fios físicos.

O termo “Wi-Fi” é frequentemente usado para se referir a uma rede sem fio em si ou ao sinal sem fio utilizado para conectar dispositivos a essa rede. Em termos técnicos, ele utiliza um conjunto de protocolos e especificações para permitir essa comunicação sem fio. Isso funciona basicamente da seguinte maneira:

  • Ondas de rádio: O Wi-Fi utiliza ondas de rádio na faixa de frequência de 2,4 GHz ou 5 GHz para transmitir dados. Essas frequências são regulamentadas e reservadas para dispositivos sem fio.
  • Pacotes de dados: Os dados são enviados em pequenos pacotes. Antes de serem transmitidos, os dados são divididos em pacotes menores, cada um com seu próprio endereço e informações de controle.
  • Roteadores e dispositivos: Um roteador Wi-Fi atua como um ponto central que transmite os dados entre os dispositivos conectados e a rede local ou a internet. Ele recebe os pacotes de dados dos dispositivos conectados, os direciona corretamente e os envia para o destino desejado.
  • Protocolos de comunicação: O Wi-Fi usa protocolos de comunicação, como o IEEE 802.11, que definem as regras para a transmissão de dados sem fio e determinam como os dispositivos se conectam, trocam dados, gerenciam a segurança e evitam interferências.
  • Conexão e handshaking: Quando um dispositivo quer se conectar a uma rede Wi-Fi, ele passa por um processo de “handshaking”. Isso envolve a troca de informações com o roteador para estabelecer uma conexão segura antes de começar a transmitir dados.

Leia tudo sobre os equipamentos envolvidos em uma rede Wi-Fi robusta aqui.

Fatores que fazem o Wi-Fi oscilar

Agora que você sabe como funciona o Wi-Fi na prática, é importante entender que, seja no ambiente doméstico ou empresarial, vários fatores podem contribuir para a oscilação ou variação na qualidade do sinal de Wi-Fi. Como veremos daqui a pouco, às vezes a troca para um roteador mais moderno ou a utilização de amplificadores de sinal pode ajudar a melhorar a cobertura e a estabilidade do Wi-Fi.

close up de um roteador wifi e um homem usando smartphone - DT Network
Como funciona o Wi-Fi?

Alguns dos principais fatores nesta conta incluem:

  • Distância do roteador: Quanto mais longe um dispositivo estiver do roteador Wi-Fi, mais fraco será o sinal. Obstáculos físicos, como paredes, móveis ou interferências de outros aparelhos eletrônicos, também podem diminuir a força do sinal à medida que ele se propaga.
  • Interferências eletromagnéticas: Dispositivos eletrônicos, como micro-ondas, telefones sem fio, monitores de bebê e equipamentos Bluetooth, podem gerar interferências na frequência utilizada pelo Wi-Fi, afetando a estabilidade do sinal.
  • Canal congestionado: Se muitos roteadores estiverem usando o mesmo canal de frequência na vizinhança, pode haver congestionamento, resultando em interferências e na redução da qualidade do sinal.
  • Configurações do roteador: Configurações inadequadas no roteador, como posição, orientação das antenas ou ajustes incorretos de potência de transmissão, podem influenciar na intensidade do sinal.
  • Condições ambientais: Coisas como mudanças climáticas, umidade, materiais de construção das paredes (como concreto ou metal) e interferências de outros sinais de rádio podem afetar a propagação do sinal Wi-Fi.
  • Número de dispositivos conectados: Quanto mais dispositivos estiverem conectados ao mesmo roteador e compartilhando a largura de banda, mais provável é que ocorra uma queda no desempenho do sinal, especialmente se todos estiverem realizando atividades que demandem muita largura de banda ao mesmo tempo.
  • Versão do protocolo Wi-Fi: Dispositivos mais antigos podem ter capacidades Wi-Fi mais limitadas em comparação com os mais recentes, o que pode influenciar na estabilidade e na velocidade do sinal.

👋 Hey Visitante!

e-book LGPD e WiFi

Garanta o seu e-Book Gratuito ✅

Tudo sobre LGPD e Marco Civil da Internet para você que oferece Wi-Fi para Clientes!✅

✅ Ao continuar você aceita receber contato e a Política de Privacidade.

🔒Fique tranquilo, seus dados estão seguros.

Como fortalecer o sinal da conexão

No fim do dia, há uma combinação de medidas que pode ajudar a melhorar significativamente a força e a estabilidade do sinal Wi-Fi, proporcionando uma melhor experiência de conexão tanto para usuários domésticos quanto corporativos.

Como funciona o Wi-Fi em ambientes corporativos

Nos ambientes corporativos, estratégias cruciais para fortalecer o sinal Wi-Fi incluem o posicionamento estratégico dos roteadores em áreas centrais e elevadas para maximizar a cobertura. Em espaços maiores, a implementação de redes mesh pode ser vantajosa, utilizando vários nós para criar uma rede robusta e uniforme.

A gestão inteligente dos canais e frequências, optando por canais menos congestionados e pela frequência de 5 GHz, quando possível, reduz interferências e aprimora o desempenho. Além disso, a implementação de medidas de segurança sólidas – como autenticação de dois fatores e políticas de acesso – é essencial para proteger dados sensíveis.

Como funciona o Wi-Fi em ambientes domésticos

Já em ambientes domésticos, a localização estratégica do roteador é crucial, posicionando-o centralmente e longe de obstruções para uma melhor cobertura. Considerar a atualização para um roteador mais moderno, a utilização de repetidores Wi-Fi e a otimização das configurações do roteador são exemplos de medidas eficazes para melhorar o sinal.

Além disso, separar redes para convidados pode ser útil para proteger a rede principal, enquanto monitorar o número de dispositivos conectados ajuda a evitar sobrecargas na largura de banda disponível. Essas estratégias combinadas proporcionam uma conexão mais robusta e estável para usuários residenciais, garantindo uma experiência de Wi-Fi mais confiável e satisfatória.

Não perca: O que é ChatGPT? Entenda a revolução da IA

Invista em estratégias de Wi-Fi Marketing com a DT Network

Ei, empresário – sabe o que otimiza ainda mais uma rede corporativa? As soluções da DT Network. Se você juntar equipamentos para rede Wi-Fi de ponta com o nosso sistema especializado de Hotspot Social – pelo qual é possível, além de outras coisas, fornecer aos seus clientes um acesso rápido à Internet com cadastro único – sua empresa pode crescer de forma exponencial.

Hotspot Social Monitoramento

Com nossas soluções, você pode possuir controle total sobre a sua conexão local, oferecendo um ambiente limpo, convidativo e temporário para o uso coletivo, em um canal de rede completamente separado do seu roteador principal – que você pode reservar para funcionários. Outros benefícios incluem, por exemplo, o aumento da influência online do seu estabelecimento e a otimização do engajamento com sua clientela, duas estratégias de marketing que só um sistema organizado de rede wireless pode providenciar.

Leia tudo sobre as vantagens e usos de um hotspot neste artigo.

Com mais de 30 mil conexões diárias e 4850 clientes que confiam em nossa marca, estamos sempre à disposição para quaisquer dúvidas e orçamentos para o seu sistema de roteadores. Entender como funciona o Wi-Fi é só o começo.

Interessado? Então entre em contato com um especialista já!

Esse artigo foi útil para você?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *