LGPD: 6 pontos importantes de um Firewall para adequação

Se você tem um negócio, seja físico ou digital, seja pequeno, médio ou de grande porte, se você lida com informações do público, sejam elas as mais simples quanto apenas um nome ou uma informação tão específica quanto uma opinião política, é muito importante estar por dentro e se adequar à nova lei da LGPD (Lei Geral de Proteção de Dados)!

Compartilhe nas redes sociais:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email

Se você tem um negócio, seja físico ou digital, seja pequeno, médio ou de grande porte, se você lida com  informações do público, sejam elas as mais simples quanto apenas um nome ou uma informação tão específica quanto uma opinião política, é muito importante estar por dentro e se adequar à nova lei da LGPD (Lei Geral de Proteção de Dados)!

A lei já está em vigor e todas as empresas do Brasil precisam estar em concordância com essas novas regras.

A LGPD veio para ficar e precisa virar uma cultura de respeito à privacidade dos dados pessoais dentro de cada empresa, para as empresas que preferirem não se adequar é melhor se prepararem, pois as multas previstas para as empresas que violarem as regras da LGPD podem ser bem altas.

LGPD

Como funciona a LGPD:

A LGPD coloca regras para o tratamento dos dados pessoais.

Algumas determinações precisarão ser respeitadas tanto por órgãos públicos quanto por empresas privadas:

  • Dados pessoais só poderão ser coletados com o consentimento do titular.
  • Estas informações devem servir unicamente às finalidades pelas quais foram coletadas.
  • Estas finalidades, por sua vez, devem ser sempre explicitadas aos usuários.
  • Após coletados, os dados devem ficar acessíveis para serem revisadas por seus donos.
  • Dados pessoais deverão ser excluídos após o fim da relação entre entidade e pessoa.

Entre os direitos que a Lei Geral de Proteção de Dados garante aos titulares das informações estão:

  • Acesso aos dados coletados;
  • Correção de informações desatualizadas, incompletas ou inexatas;
  • Anonimato;
  • Bloqueio ou exclusão dos dados;
  • Portabilidade das informações a outro fornecedor de serviços ou de produtos;
  • Revogação do consentimento dado para o tratamento dos dados.
LGPD

E como ter um Firewall ajuda na adequação da LGPD?

Os agentes de tratamento devem adotar medidas de segurança para proteger os dados e utilizar um firewall é uma das medidas a se tomar.

Um firewall cria uma barreira entre a internet e a rede interna da empresa, onde normalmente ficam armazenados os dados, limitando acesso às portas e janelas do computador, na borda e, assim, impede que todos os IPs que não são autorizados não entrem.

Dessa forma, somente usuários autorizados terão permissão para algumas funcionalidades na máquina.

O recurso impede a entrada e saída de informações confidenciais, pois controla a transferência de dados do computador através da internet, prevenindo o envio de arquivos privados à rede.

Com firewall você tem uma maior produtividade da sua equipe, já que não tem horas de desperdícios por distrações com redes sociais, em média 70% dos colaboradores perdem tempo com isso, o que resulta até 30% da carga horário de trabalho.

Você consegue mensurar seus resultados, pois tem muitos relatórios e são completos e fáceis de entender, fica mais fácil até para a tomada de decisão!

Baixe nosso novo e-book Grátis!

Reduza Custos em Seu Negócio Utilizando Tecnologia!

Com um firewall / VPN

Te possibilita a configuração de VPNs entre as suas unidades, aumentando a segurança na troca de informações e dados sensíveis do negócio.

Firewall com identificação e prevenção contra intrusos na borda

Identifica, detecta os riscos e remediar os impactos e cria uma central de bloqueio inteligente, automatizando ações preventivas de IPs com atividades maliciosas. Esses IPs são bloqueados permanentemente e lançados numa Blacklist, minimizando os impactos e riscos ao negócio.

LGPD

Controle de banda para os usuários e grupos da rede.

Com controle de banda você consegue dedicar uma porção de banda específica para um grupo, setor ou usuário específico, de acordo com a política de segurança, possibilitando a alta disponibilidade no consumo da internet na sua rede, garantindo a utilização de banda para serviços e ferramentas críticas à continuidade e produtividade do negócio.

Gestão de conteúdo

Nesta missão de manter a segurança de dados, um firewall possibilita ter um Web Filters, ele atua na proteção de dentro para fora da rede, impedindo que os usuários acessem sites que são conhecidos por conter conteúdo malicioso, como vírus, spyware, trojans, ou páginas que possuam ataques phishing ou roubo de identidade online.

LGPD

Voucher para liberação de acesso à internet para visitantes

É muito importante para garantir a segurança da sua rede para acessos que habitualmente são liberados para clientes e fornecedores.

Além de garantir o enquadramento da sua empresa na lei do Marco Civil da Internet.

Você pode utiliza em conjunto um Hotspot Social e aumentar a sua segurança, confira neste post: https://dtnetwork.com.br/blog/o-que-e-hotspot-wifi-gratis-100-enrolacao/

LGPD

Balancear link e alta disponibilidade

Você consegue nivelar entre o link de internet e alta disponibilidade, assim diminui os riscos de sua empresa ficar sem internet com a redundância automática.

Você ainda não sabe ou não conhece a Nova Lei LGPD?

Clique neste link e entenda mais sobre a nova Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais.

Se você está em procedimento de adequação a LGPD, um firewall e um parceiro de TI, com certeza vão te ajuda a solucionar muitos processos que são minuciosos.

Compartilhe nas redes sociais:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email

Posts Relacionados:

Utilizamos Cookies para melhorar sua experiência, ao continuar você aceita nossa política de privacidade.